sexta-feira, 27 de maio de 2011

Alba Cavalcanti. Uma artista plástica itabaianense.




Alba Cavalcanti nasceu em Itabaiana, onde morou por muito tempo na Praça Epitácio Pessoa. Tinha mais quatro irmãos, sendo um deles o também artista plástico Otto Cavalcanti. Perdeu seus pais ainda criança e foi criada por Jane Cavalcanti, sua irmã mais velha. O seu curso secundário foi feito no Colégio Sagrada Família em Recife, onde estudou interna. Sua família mudou-se para João Pessoa e lá ela trabalhou como funcionária pública estadual. Em 1965 fixou residência no Rio de Janeiro.

Autodidata e dona de uma criatividade exuberante, foi uma costureira que criava os seus próprios modelos para suas clientes. Só em 1984 descobriu a sua tendência para a pintura quando, por acaso, as cinzas de um cigarro caídas em um papel formaram figuras estranhas. Isso despertou a sua criatividade para essa arte e passou a fazer desenhos com cinzas contornadas com carvão de pedra sobre papel. O próximo passo foi trabalhos com pastel seco colorido sobre papel e, em seguida, tinta acrílica sobre tela.

Alba Cavalcanti começou a expor em 1986 no Rio e outras importantes exposições se seguiram: Curitiba e Brasília e, no exterior, em Roma e Genova na Itália, Paris, Lagrasse e Béraut na França, Bratislava na Eslováquia, Tóquio no Japão, Figueras e Barcelona na Espanha, Lausanne na Suiça, Nova York e Washington DC  nos Estados Unidos, Porto Príncipe no Haiti, e também a participação da Copa do Mundo na Alemanha em 2006.

Suas telas em estilo naïf, são inspiradas em temas folclóricos nordestinos e cariocas, e estão expostas no MIAN – Museu Internacional de Arte Naïf do Brasil, Rio de Janeiro, no Musée d'Art Naïf de Max Fourny, Paris, no Museu Banespa, São Paulo, no MAN –Museu d'Art Naïf de Figueras, Espanha e no Le Casino de Lagrasse, França.


3 comentários:

  1. Verônica Andrade29 de maio de 2011 15:04

    EU TIVE O GRANDE PRAZER DE CONHECER ESSA GRANDE ARTÍSTA Q P/ MIM FICARÁ NA HISTÓRIA!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Triste notícia...

    http://www.jornal-barradesaojoao.com/cidade.html

    ResponderExcluir